Pesquisar Argumentações No "Ad Argumentandum Tantum"

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

QUANDO A IGREJA GERA NÁUSEAS EM DEUS: PARTE 1

E dize ao rebelde, à casa de Israel: Assim diz o Senhor DEUS: Bastem-vos todas as vossas abominações, ó casa de Israel! Porque introduzistes estrangeiros, incircuncisos de coração e incircuncisos de carne, para estarem no meu santuário, para o profanarem em minha casa, quando ofereceis o meu pão, a gordura, e o sangue; e eles invalidaram a minha aliança, por causa de todas as vossas abominações. (Ez 44.6,7)

O capítulo 44 do Livro de Ezequiel contém preceitos relativos aos verdadeiros sacerdotes. Estes preceitos foram cuidadosamente estabelecidos por Deus com o objetivo de manter o templo livre de profanação. Profanação é "desrespeito ou violação do que é santo, sagrado; violação, sacrilégio, profanidade", algo totalmente inaceitável para Aquele que é triplamente Santo (Is 6.3). 

"E dize aos rebeldes, à casa de Israel", assim o Senhor ordena a Ezequiel. Profeticamente, o Senhor está a falar com Sua Igreja hoje, em declínio espiritual por conta da desconsideração, por causa de seu desrespeito às ordenanças, regras e leis da casa de Deus, as quais vem sendo sistematicamente desrespeitadas pelos crentes, chamados de "rebeldes" justa e acertadamente por conta disso. Esse descumprimento da Palavra de Deus, especificamente com relação à Sua casa pelos rebeldes, foi chamada pelo Senhor de "abominação". A palavra "abominação", nesse texto, vem do hebraico tow`ebah, que significa "repulsão, execração, idolatria; algo ritualmente impuro e eticamente maligno; algo repugnante, que causa vômito". Deus estava falando, portanto, com Seu povo, dizendo: "vocês estão trazendo algo repulsivo, nojento, maligno, para dentro da Minha casa; vocês estão Me causando nojo, estão Me causando náuseas com isso".

Mas o que Israel estava fazendo - e que nós, crentes em Cristo, muitas e muitas vezes repetimos hoje - que estava "embrulhando o estômago" do Senhor? A introdução de estrangeiros (heb. "ben nekar", ing. "aliens") ímpios (incircuncisos de coração e incircuncisos de carne) no serviço (culto) ao Senhor, oferecendo sacrifícios ao Senhor! Circuncisão do coração refere-se a um reto estado da alma, a santidade; portanto o incircunciso de coração não foi santificado nem é santo aos olhos do Senhor, mas é ímpio (Rm 2.29), não-temente ao Senhor e desobediente à Sua Lei (daí a incircuncisão da carne) - ambas as circuncisões estão atreladas, pois quem não dá a mínima para a Palavra de Deus faz isso de coração. Incircuncisão do coração (do gr. sklerokardia, na LXX) exprime desse modo a indômita obstinação em opor-se a Deus (At 7.51). Assim, o que estava em foco nesse texto de Ezequiel, que causava abominação ao Senhor, era o fato de que homens ímpios haviam sido introduzidos na casa de Deus para agirem como sacerdotes, com todas as prerrogativas do ofício! Pessoas infiéis na função que admitia unicamente gente circuncidada no coração e na carne, povo genuíno de Deus!  Estavam ali, na casa de Deus, ministrando; oferecendo o pão do Senhor na mesa dos pães da proposição, queimando a gordura oriunda dos sacrifícios no altar e aspergindo o sangue do sacrifício! Realmente, só de pensar nisso, dá nó no estômago!

Hoje, a mesmíssima abominação é cometida em muitos lugares, por mais estranho e horrível que isso possa parecer! Há, hoje, uma imensa quantidade de homens e mulheres ímpios, não regenerados, não convertidos, que se encontram num estado de alienação das coisas divinas e espirituais - gente que não conhece a Cristo, estranhos ao Espírito Santo, ministrando no altar da casa de Deus, oficiando como se fossem sacerdotes e ministros do Senhor! Ministrando a Palavra (o pão), os dons e operações (gordura) e até a Ceia do Senhor (o sangue)! Isso se constitui numa verdadeira profanação da casa de Deus! Não há validade alguma no que eles fazem - eles invalidam a aliança! O sacrifícios dos ímpios são abominação ao Senhor (Pv 21.27)! Obviamente, um não-convertido ministrando num lugar de um convertido, ainda que siga o rito, não adorará ao Senhor, mas sim a um ídolo. Noutras palavras, introduzirá idolatria na casa de Deus transvestida de culto a Deus! Vale dizer que o ídolo, seja qual ele for, de qual geração for, de qual essência for, é abominação ao Senhor! (Dt 7.25,26)

A verdade é que em muitos lugares os crentes estão introduzindo nos púlpitos das Igrejas pessoas não-convertidas, para ministrarem ao Senhor; muitos desses não-convertidos até possuídos por espíritos demoníacos! Para ilustrar esta verdade, veja o que aconteceu na Nigéria, durante um culto na Synagogue Church Of All Nations pastoreada pelo pastor T.B. Joshua: um pastor que visitava a igreja manifestou uma possessão demoníaca durante um culto e, depois de liberto da opressão, confessou que buscou ajuda na feitiçaria para operar milagres em sua denominação, que vinha sofrendo com a perda de fiéis, conforme noticiado pelo jornal inglês "The Mirror" (http://www.mirror.co.uk/news/world-news/fallen-pastor-who-used-witch-8706923. Acesso: 02/09/16). Conforme noticia esse jornal, "o pastor Victory Chiaka estava tão desesperado para salvar sua igreja no estado de Imo na Nigéria que foi a um especialista em ocultismo para sacrificar uma galinha e uma cabra afim de conseguir uma vantagem sobrenatural" (tradução livre). O site "Gospel Mais" traz o desfecho do caso: "Durante uma oração para expulsar demônios, o pastor Victory Chiaka caiu se contorcendo.[...] De acordo com informações do Express UK, Chiaka ainda afirmou que, como sua igreja vinha crescendo e algumas pessoas testemunhavam curas e milagres, ele achou que Deus havia aprovado suas escolhas." (https://noticias.gospelmais.com.br/pastor-possesso-admite-ritual-feiticaria-operar-milagres-85319.html) Segundo outro jornal inglês, o "DailyMail", o pastor Victory Chiaka decidiu visitar a Synagogue Church Of All Nations para receber sua "libertação" depois de testemunhar as repercussões negativas.

Preste muita atenção, querido(a) leitor(a): Há muitos ministros, portadores de títulos de apóstolos, pastores, profetas, bispos, etc., espalhados pelo Brasil e pelo mundo que nunca se converteram de verdade e que estão sendo usados por espíritos malignos! Pessoas que não são convertidas e que estão fazendo de um tudo para crescerem "seus ministérios e igrejas", até mesmo consultar feiticeiros e praticar feitiçaria! Gente que se diz "usada por Deus", operando "nos dos espirituais", fazedores de milagres, quando na verdade a operação sobrenatural que está sendo realizada não tem origem na atuação do Espírito Santo, mas sim na atuação espíritos demoníacos!

A bem da verdade, essa paranóia gospel de "crescer e ser poderoso e reconhecido", que tomou conta do meio evangélico, está aniquilando ao pouco da verdadeira espiritualidade cristã que ainda resta à igreja, quer no Brasil, quer no mundo. Pelo crescimento e reconhecimento, topa-se o mundo na igreja; topa-se o "espiritismo gospel" (lenço ungido, água ungida, vassoura ungida, sal grosso, caneta ungida, sessão de descarrego, desfazimento de trabalho, etc), "prosperidade gospel" (amarra mamom, abre porta/janela, dá trízimo/quadrízimo, etc), "unções gospel" (do leão, da galinha, da coruja, dos oceanos, peniana, etc), "atos proféticos gospel" (pastor passando por cima dos membros da Igreja; líderes soltaram balões inflados com gás hélio, contendo palavras proféticas e uma semente, que se espalharão sobre o estado em um poderoso avivamento; etc), etc; falsos milagres e curas, pastores trancando demônios em garrafas, etc. Hoje, a igreja que deveria viver espiritualmente a fé bíblica vive o mundo, segundo as regras de mercado, usando e abusando do marketing para conquistar fiéis de outras denominações, pois isso redundará em poder econômico e político para o líder em seu projeto de pessoal de ascensão social. Apóstatas da fé!

Há uma proliferação de heresias (veja esta, da Joyce Meyer, noticiado pelo site Genizah: “Durante o tempo em que Ele permaneceu no inferno, o lugar para onde você e eu deveríamos  ir, por causa dos nossos pecados... Ele ali pagou o preço... Nenhum plano seria extremo demais... Jesus pagou na cruz e no inferno... Deus levantou do Seu trono e disse aos poderes demoníacos que atormentavam o  Seu Filho impecável: ‘Deixem-no ir’. Foi então que o poder da ressurreição do Deus Todo Poderoso entrou no inferno e encheu Jesus... E ressuscitou dos mortos o primeiro homem nascido de novo.” - “The Most Important Decision You Will Ever Make: A Complete And Thorough Understanding of What It Means To Be Born Again”, 1991, páginas 35-36 do original de Joyce Meyer) (fonte: http://www.genizahvirtual.com/2016/08/joyce-meyer-prestigio-luxo-fortuna-e.html. Acesso: 02/09/16).  E a cada dia surge uma nova! Doutrinas de demônios, ensino de espíritos enganadores!

Há uma frase atribuída a Lutero que se encaixa bem aqui: "Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias".

É óbvio que nesse ambiente, com gente ímpia ministrando no altar, o resultado só pode ser um: a perda de essência cristã por parte da igreja. Sim, porque Nosso Senhor está sendo substituído como fundamento da Igreja; Ele é, até hoje, a pedra que os edificadores rejeitaram! A igreja, hoje, não tem como fundamento os apóstolos (falo de apóstolos de verdade, não essa bizarrice que aí está). Hoje, o estado espiritual da igreja é "Jesus de fora, batendo a porta da Igreja" (Ap 3.20) - vazia de Deus, produzindo crentes vazios de Deus, sem essência, sem conversão - daí, aplica-se novamente Ezequiel: "invalidando a minha aliança". Pessoas que participam de cultos e voltam para suas vidas sem ter uma real transformação espiritual, sem experimentarem a regeneração, o novo nascimento do qual o Senhor falou, pré-requisito para entrada no Reino de Deus. Gente que até possui aparência de piedade, mas nega a eficácia dela; gente amante de si mesmos, avarenta, presunçosa, soberba, blasfema, desobediente a pais e mães, ingrata, profana, sem afeto natural, irreconciliável, caluniadora, incontinente, cruel, sem amor para com os bons, traidora, obstinada, orgulhosa, mais amiga dos deleites do que amiga de Deus (II Tm 3.1-5).

Isso é tão sério, tão grave, que o Espírito Santo inspirou todo um livro sobre o assunto: a Epístola de Judas. E é exatamente como o Espírito inspirou: "Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo. Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito." (Jd 1.4,19) Note: NÃO TEM O ESPÍRITO! Se não possuem o Espírito, logo NÃO É O ESPÍRITO QUE ATUA POR MEIO DELES! Não se trata de "entendimento da Bíblia", não é "uma questão teológica", é muito mais sério: apesar da performance, não possuem o Espírito Santo! Veja, querido(a): quantas pessoas foram "ungidas" e "ministradas" pelo pastor Victory Chiaka? Quantas coisas sobrenaturais esse pastor fez? E quem estava por detrás desses atos, amado(a)? Quem estava por detrás do dito crescimento e proteção? O Espírito Santo? Deus? O Senhor Jesus?  NÃO, NÃO E NÃO! Irmão(ã), é hora de abrir os olhos! É hora de despertar, de amadurecer! É preciso conhecer o que é genuinamente espiritual, não ser ignorante quanto a esta realidade (I Co 12.1), ou Satanás vai continuar levando vantagem sobre você! Chega de abominações, óh! Igreja de Cristo! Chega de profanações! Chega de tolerar ímpios no governo da Igreja, nos altares e púlpitos, ministrando como se fossem cristãos genuínos!

Isso tudo tem gerado náuseas no Senhor; por isso Ele te chama ao arrependimento; sim, tu que tens concordado com essas coisas, que tens delas participado! Ele mesmo diz: "Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te." (Ap 3.19) Arrepende-te das tuas aleivosidades, da transgressão da aliança, a exemplo de Adão (Os 6.7)! O Senhor é o teu marido, o Deus de Israel é o teu Senhor, torna-te novamente para Ele, pois é rico em perdoar! Volte para o Senhor, ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã! (Is 1.18)

Pense nisso. Deus está te dando visão de águia!

2 comentários:

  1. Triste mais a pura verdade que Deus nos dê discernimento para que não sejamos enganados, e estejamos sempre alertas para que satanás não entre nas igrejas . Ele está bradando como leão procurando a quem possa tragar.

    ResponderExcluir
  2. Trista constatação! Quantos estão se perdendo! Quantas almas caminhando céleres para o inferno! Quantos "recém-nascidos", pequeninos escandalizados! É hora de levantarmos um clamor pelas almas, pela igreja! É hora de agirmos e não nos omitirmos! De nos humilharmos, de chorarmos com panos de saco e cinzas( nos corações), de nos arrependermos para que venham tempos de avivamento.Chega de perdermos tempo precioso, de sermos como que abduzidos nas redes sociais, ficarmos alienados, vendo o tempo passar e satanás preenchendo o vazio deixado pelas nossas brechas. Não será dessa forma que vamos combatê-lo. O mundo cheira a carne podre e tem contaminado a igreja, por "minha culpa". Sim, precisamos fazer a oração de Daniel, nos incluirmos como parte do problema. Façamos o que nos compete, vigiemos e oremos sem cessar.

    ResponderExcluir

(1) Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. Outra coisa: não publicarei nenhuma crítica dirigida a pessoas; analise a postagem e então emita seu parecer, refutando-a com a apresentação de referências, se assim for o caso (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão nem termos de baixo calão! (3) Responderei as críticas na medida do possível e segundo o meu interesse pessoal (4) Não serão aceitos, em hipótese alguma: mensagens com links que dirigem e façam propaganda a sites católicos, espíritas, ateus, ortodoxos gregos, judaizantes, adeptos de teologia da prosperidade, religiões orientais, liberais, nem nenhum outro que negue Jesus Cristo como Senhor, Deus, único e suficiente Salvador. Estende-se essa proibição a mensagens que propaguem essas idéias/crenças e que queiram debater e provocar discussões.